FORGOT YOUR DETAILS?

(por Helder de Azevedo) Diz o ditado popular que “não há bem que nunca se acabe, nem mal que sempre dure” ou em uma adaptação “tudo vai bem enquanto a doença não vem!” Na ótica da empresa familiar, os tempos de bonança, construído ao longo de anos de labuta, tomada de riscos e privações, viabilizam

(por Julio Amorim) Ao longo de 26 anos, trabalhando diretamente com Conselho Consultivo, utilizando práticas de gestão e ferramentas como planejamento estratégico, em compliance com a governança corporativa, evidenciei que um dos desafios das metodologias é permitir realizar “conexões poderosas”, consequentemente o modelo tenha excelência em suas aderências e possamos responder questões como: Caso a

(por Marcos Rittner) No artigo “A nova abordagem de investimento para famílias empresárias”, algumas das perguntas foram em torno de continuidade, transformações, necessidades cada vez mais heterogêneas das famílias, dificilmente atendidas por um único tipo de organização societária e familiar. Nele foram apontados temas emergentes a serem considerados pelas famílias que querem ser investidoras com

Tagged under: , ,

(por Helder de Azevedo) Como conciliar a busca pela continuidade dinástica em tempos de constantes, intensas e erráticas transformações? Em um momento em que as famílias empreendedoras expressam necessidades cada vez mais heterogêneas, financeiras e não financeiras, que nem sempre podem ser satisfeitas por um único tipo de organização societária e familiar; torna este tema

(por Helder de Azevedo) Estudo da empresa de consultoria PwC realizado em 20202 indicou que 75% das #empresasfamiliares fecham as portas após serem sucedidas pelos herdeiros. Além disso, 44% das empresas desse tipo não têm um plano de #sucessão e 72,4% não apresentam uma sucessão definida para cargos-chave como os ligados à diretoria, presidência, gerência

Tagged under: ,

(por Helder de Azevedo) Um dos 8 P’s da Governança Corporativa apresentado pelos professores Paschoal Rossetti e Adriana Solé, para empresas listadas em bolsa, representa PAPEIS. Quais os papéis dos conselheiros e dos membros da diretoria executiva? Como eles se inter-relacionam e como o conjunto gera valor para a companhia. Diferente de uma descrição de

Assimetria

A assimetria, o sofrimento e a governança

segunda-feira, 19 julho 2021 by

(por Marcos Rittner) O infinito dos formatos das ondas do mar e sua vastidão nos ajudam a refletir, e abrem nossas mentes para melhores soluções. A cabeça atormentada por problemas, como é comum para os empreendedores neste país desafiador, tem mais dificuldades para encontrá-las. Suas agendas ocupadas usualmente os afastam do pensamento na perenidade de

Tagged under: ,

(por Helder de Azevedo) É inegável que o poder possui um magnetismo enorme. Quem o desfruta atrai para si muita atenção e demandas; enquanto os demais cobiçam um dia, ter alguma forma de poder. Porém a vasta maioria presta mais atenção ao bônus que ao ônus que posições de poder carregam. O poder traz prestígio,

(por Marcos Rittner) Estava eu aproveitando um lindo e ensolarado Domingo de inverno na praia, litoral norte de São Paulo, quando a pausa no jogo de beach tennis me leva a uma inesperada conversa sobre governança de empresas familiares. “Como assim?”, seria a pergunta óbvia, que qualquer pessoa que estivesse acompanhando a história, faria. Explico.

Tagged under: ,
Exec frightened

(por Helder de Azevedo) Governança corporativa e excelência empresarial andam juntos. Existem inúmeras pesquisas que demonstram que uma Governança Corporativa bem implementada gera muito valor aos acionistas e potencializa as capacidades de gestão da empresa. Segundo uma pesquisa realizada por Zellweger, 2012, uma empresa com Governança Corporativa adequadamente implementada chega a valer o dobro de

Tagged under:
Empresário com dúvidas

(por Helder de Azevedo) A busca pela longevidade nas empresas familiares tem gerado uma enorme afluência de novos termos, serviços e consultorias até recentemente fora do radar do empresário: Compliance, Governança, Conselhos, dentre outros. A intenção de tornar suas empresas mais robustas é muito apreciada pelo mercado e claro será muito bem-vinda pela tua família

Como atrair novas gerações?

quinta-feira, 20 maio 2021 by

(por Helder de Azevedo) Na construção da longevidade da empresa familiar, a geração sucessora é o elo mais invisível na garantia da transcendência. A invisibilidade traz a incerteza acerca de seu preparo e capacidade de seguir na condução da empresa de forma economicamente sustentável. Por outro lado, é a partir da passagem de comando é

Tagged under: , ,
TOP